Projeto de Samuel Carvalho que regulamenta a prática da equoterapia é aprovado na Alese

Por Assessoria de Comunicação

Publicado em 31/10/2019 as 10:04
Rosalvo Nogueira

A Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) aprovou o Projeto de Lei (PL) nº 101/2019 que regulamenta a prática da equoterapia, ou seja, método de reabilitação que utiliza o cavalo em abordagem interdisciplinar, voltado para o desenvolvimento da pessoa com deficiência.

De autoria do deputado estadual Dr. Samuel Carvalho (Cidadania), o PL determina que a prática de reabilitação será exercida por uma equipe multiprofissional, integrada por médico, fisioterapeuta, médico veterinário, além de psicólogo e profissional da equitação.

O autor da proposta argumenta que a interação com o cavalo e o ato de montar, desenvolve novas formas de socialização, autoconfiança e autoestima.

“Esse é um projeto muito importante, pois as atividades trazem benefícios, principalmente, para pacientes com distúrbios acentuados. Durante a terapia são realizadas posturas semelhantes às de ginástica, porém adaptadas para os praticantes de equoterapias, lembrando que sempre se deve respeitar a idade, patologia, necessidades e potencialidade do praticante”, colocou o parlamentar.

De acordo com Dr. Samuel Carvalho, o município de Nossa Senhora de Socorro irá receber o primeiro Centro de Equoterapia e será instalado no Povoado Calumbi. Ele destacou também, que só sabe a importância de um Centro de Equoterapia quem tem familiares com algum tipo de problema que envolva o desenvolvimento biopsicossocial com deficiências ou necessidades especiais.

“O centro atenderá 120 crianças com algum tipo de deficiência que necessite do desenvolvimento psicossocial, a exemplo da paralisia cerebral, autistas, entre outras deficiências físicas e motoras”, destacou.