Dois meses de sucesso com terceirização

Por Ascom/Centro Médico do Trabalhador

Publicado em 27/03/2019 as 13:54
Foto: imagem da internet

Em dois meses de contrato, o trabalho de excelência e qualidade na prestação dos serviços ofertados pelo Centro Médico do Trabalhador na UPA é permanente. Reflexo disso é a quantidade de atendimentos realizados, com a disponibilização diária de clínicos, cirurgião, ortopedista, enfermeiros, além de equipamentos para a realização de exames, Raio X fixo e móvel, laboratório, ultrassom, dentre outros serviços.

Com o propósito de humanizar e proporcionar um melhor tratamento aos pacientes e funcionários, a unidade colocou em funcionamento 06 novas centrais de refrigeração (situadas na recepção e no acolhimento), possibilitando um clima mais agradável nas dependências da UPA, diante do forte calor que atinge a capital sergipana neste verão.

“São disponibilizados diariamente 04 clínicos (03 na entrada e 01 na urgência), 02 ortopedistas, 01 cirurgião e enfermeiros”, explica Jória Dias (Gestora Administrativa).

Durante os meses de Novembro e Dezembro, anterior ao processo de terceirização, foram realizados aproximadamente 15 mil atendimentos. Já em relação aos meses de Janeiro, Fevereiro e Março, foram contabilizados quase 33 mil atendimentos (aumento superior de 100%). Ressalte-se, o mês de Março está em andamento.

Janeiro: 9.976 Atendimentos
Fevereiro: 12.398 Atendimentos
Março: 8.597 Atendimentos

Segundo Jória Dias, além da ampliação na quantidade de atendimentos, a qualidade e comodidade aos usuários é levada em conta pela gestão da unidade.

Vale ressaltar que neste período à frente de gestão da UPA Nestor Pia, foi inaugurado um novo e mais amplo setor de Observação, implantando o sistema da classificação de risco e toda uma estrutura de retaguarda para com isso proporcionar um serviço de eficiência.


Outra medida adotada foi uma melhor acomodação do arquivo, inclusive, iniciando o processo de digitalização dos documentos. Facilitando o acessos aos dados de usuários.

“Instalamos um suporte do Posto da Guarda Municipal de Aracaju, assegurando uma melhor segurança e tranquilidade as pessoas que utilizam e frequentam a Unidade de Pronto Atendimento. Além de disponibilizar uma nova ambulância para auxiliar nas transferências dos pacientes”, frisou do Dr. Eduardo Pinto (administrador do Centro médico do Trabalhador).

Atual gestão do Nestor Piva trabalha com o propósito de promover a humanização na unidade, seja como forma de assistência prestada às pessoas, seja com o desenvolvimento de outras ações voltadas ao bem estar de todos os envolvidos no processo de saúde. Inclusive, trabalhando em parceria com o Serviço Médico de Urgência (SAMU) evitando que as ambulâncias fiquem paradas na unidade, seja a espera de maca ou atendimento.

A terceirização do Nestor Piva provoca mensalmente à Prefeitura de Aracaju uma economia mensal de R$ 500 mil mensais, conforme contabilidade da Secretaria de Saúde.