Nestor Piva: Dois meses de sucesso com terceirização

Por Ascom/Nestor Piva

Publicado em 11/03/2019 as 10:22

Na última sexta-feira, 08, completou dois meses que em caráter emergencial a empresa Centro Médico do Trabalhador foi convidada pela Prefeitura de Aracaju, através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), para assumir as demandas administrativas e operacionais da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Nestor Piva, situada na Zona Norte da capital.

A medida da gestão municipal ao adotar a terceirização da UPA teve o objetivo de atender a orientação do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe (TCE), devido à irregularidade da contratação por RPA.

Com iniciativa do município, o grupo empresarial ficou responsável, por exemplo, pela contratação de médicos, enfermeiros, agentes de limpeza, atendentes, compra de medicamentos e marcação de consultas e exames. A intervenção terceirizada tem inicialmente duração de seis meses, podendo ser prorrogado.

Em dois meses de contrato, o trabalho de excelência e qualidade na prestação dos serviços ofertados pelo Centro Médico do Trabalhador na UPA é permanente. Reflexo disso é a quantidade de atendimentos realizados, com a disponibilização diária de clínicos, cirurgião, ortopedista, enfermeiros, além de equipamentos para a realização de exames, Raio X fixo e móvel, laboratório, dentre outros serviços.

De acordo com o administrador Dr. Eduardo Pinto, além da ampliação na quantidade de atendimentos, a qualidade e comodidade aos usuários é levada em conta pela gestão da unidade.

“Já inauguramos um novo e mais amplo setor de Observação, estamos realizando a reestruturação da climatização, implantamos o sistema da classificação de risco e toda uma estrutura de retaguarda para com isso proporcionar um serviço de eficiência”, revelou Dr. Eduardo.

Os novos procedimentos de ações no Nestor Piva já são percebidos por pacientes e representantes da sociedade (vereadores e imprensa sergipana) que em visitas ou atendimento na unidade sentiram o propósito de melhor atender e oferecer uma eficiência no acompanhamento médico trata-se de uma realidade na UPA Zona Norte.

Outra iniciativa da gestão atual do Nestor Piva, nestes dois meses de administração, é com a readequação da unidade. Para viabilizar, com isso, uma melhor utilização dos espaços. Comprovando a preocupação com o controle dos estoques de medicamentos.

“Através do acompanhamento rigoroso, a nossa farmácia consegue se antecipar à falta e fazer os pedidos antes que o medicamento acabe. A compra é feita sempre com base na média de consumo mensal, e quem ganha com isso, são os usuários”, explicou a Gestora Administrativa, Jória Dias.

Nestes dois meses de nova gerência, são realizadas visitas diárias de membros dos Conselhos Municipais de Saúde e Regional de Medicina. Também recebemos a visita dos vereadores Jason Neto, Thiaguinho Batalha e Fábio Meireles. Que perceberam a mudança na realidade da unidade.

Ao total, nestes dois meses já foram realizados, os seguintes quantitativos de atendimentos:
Clínica Médica: 18.983 atendimentos;
Clínica Ortopédica: 3298 atendimentos;
Atendimento Cirúrgico: 3060 atendimentos;
Totalizando: 25.341 atendimentos.

Vale destacar que a terceirização do Nestor Piva provoca mensalmente a Prefeitura de Aracaju uma economia mensal de R$ 500 mil mensais, conforme contabilidade da Secretaria de Saúde. Brevemente estará sendo disponibilizada uma ambulância para transferências e instalada (fase de implantação) um suporte interno da Guarda Municipal.