Secretaria de Educação adere à campanha ‘Outubro Rosa’

Por Assessoria de Comunicação da SEED – ASCOM

Publicado em 02/10/2017 as 15:48

Tendo como símbolo um laço cor de rosa, a iniciativa visa conscientizar e alertar a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama

“Lute como uma mulher”. Com este tema, os servidores da Secretaria de Estado da Educação (Seed) participam, a partir desta segunda-feira, 2, da campanha Outubro Rosa, encabeçada em Sergipe pela organização não governamental Mulheres de Peito.

A adesão da Seed à campanha é resultado da articulação do Serviço de Educação em Direitos Humanos do Departamento de Educação (SEDH/Ded/Seed) com organizações da sociedade civil e objetiva fortalecer ações de diagnóstico precoce do câncer de mama e desmistificar conceitos em relação à doença.

Como primeira atividade de conscientização, uma equipe de servidores do SEDH percorreu todos os setores e departamentos do Complexo Administrativo e Pedagógico da Seed, em Aracaju - no qual dois terços dos servidores são mulheres -, para esclarecer os objetivos da campanha de prevenção a esta doença e também para distribuir laços cor de rosa, o símbolo do Outubro Rosa.

“Essas campanhas, na verdade, culminam a ideia geral de que é preciso estarmos atento e adotarmos atitudes de prevenção ao câncer para permitir que muitas vidas sejam salvas. Nós aderimos a esta campanha como forma de traze-la para dentro da Secretária de Estado da Educação, na perspectiva do trabalho de prevenção, que é uma das características da atuação do Serviço de Educação em Direitos Humanos”, explica a professora Josevanda Mendonça Franco, diretora do SEDH/Seed.

Ainda de acordo com Josevanda, por meio do SEDH, a Seed está disseminando o trabalho da campanha Outubro Rosa e contribuindo com o movimento de conscientização construído pela sociedade civil.

Surgido na década de 1990, o movimento conhecido como Outubro Rosa busca estimular a participação da população no controle do câncer de mama. A data é celebrada anualmente com o objetivo de compartilhar informações sobre o câncer de mama, promover a conscientização sobre a doença, proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento e contribuir para a redução da mortalidade.