Aprovado Projeto de Lei do vereador Zezinho que propõe redes de contenção nos canais de Aracaju

Por Marcos Simões

Publicado em 19/08/2019 as 15:18

Mais um Projeto de Lei de grande importância para a preservação do meio ambiente, de autoria do vereador Zezinho do Bugio, foi aprovado na manhã da última quinta, 15, na Câmara Municipal de Aracaju. O PL 227 de 2018 propõe a implantação de redes de contenção de resíduos sólidos nos canais de Aracaju, garantindo a diminuição no lixo que chega aos rios e mares.

Zezinho do Bugio lembrou que a poluição dos rios é algo preocupante. "Esse projeto vem com o mesmo intuito dos canudos plásticos, que eu tive o prazer em ser o primeiro a apresentar e a Câmara aprovou. Com as redes, nós vamos minimizar o conteúdo de resíduos sólidos, ou seja, o lixo que a nossa população ainda insiste em jogar nas ruas, chegando aos bueiros e, consequentemente, aos rios. Isso é extremamente grave e prejudicial para a vida marinha. Precisamos criar mecanismos que minimizem, além da colaboração da população, a quantidade de lixo que chega aos rios e mares”, enfatizou.

O vereador aproveitou para falar sobre a poluição do rio que passa pela comunidade do Bugio. “Recentemente, após a nossa solicitação, foram recolhidos pela Emsurb mais de 15 toneladas de lixo lá no Riacho do Cabral. Isso é inadmissível. Por conta disso, temos o Rio do Sal impróprio para banho. Uma pena! Precisamos resgatar e o nosso projeto colabora com isso”, externou.

Se sancionado pelo prefeito Edvaldo Nogueira, Aracaju será a primeira capital do Brasil a contar com as redes de contenção. “Essas imagens que os senhores estão vendo são lá da Austrália. Algo simples de se fazer e que vai gerar um bem enorme para o meio ambiente”, afirmou Zezinho, que já marcou uma audiência com o chefe do executivo municipal para tratar do projeto e a sua aprovação.

Apartes

Todos os vereadores votaram favoráveis, segundo eles, pela importância do projeto. “Vereador, quero parabenizar o senhor pela beleza desse PL e dizer que ele demonstra como nós podemos, com pequenas ações, fazer a nossa parte na preservação ao meio ambiente. A hora de preservar é agora, enquanto há tempo. Então, mais uma vez, parabéns pela propositura”, enfatizou o vereador Américo de Deus (REDE), que solicitou a subscrição do PL.

Lucas Aribé (PSB) externou que o projeto está na mesma linha do que o mundo vem discutindo, acerca da natureza.
“Zezinho, uma propositura tão importante como essa reforça essa problemática com o meio ambiente. E o senhor, com toda essa preocupação, que inclusive é internacional, mostra que precisamos olhar com mais atenção e cuidado para essas belezas que Deus nos deu e a humanidade está destruindo. Parabéns pelo projeto que ficará marcado na história deste parlamento”, disse.

O vereador Dr. Manuel Marcos (PSDB) falou sobre a efetividade das redes na preservação. “Um projeto como esse nos leva a uma reflexão de quanto nós homens somos injustos com a natureza. Nós precisamos cuidar dela, porém fazemos o contrário. Seu projeto, vereador, parece simples, mas trará um resultado muito mais que positivo para nossa cidade. Parabéns”, salientou o parlamentar.

O vereador Zé Valter (PSD) expressou seu contentamento pela apresentação do projeto. “Zezinho, realmente, é muito preocupante os resíduos que a gente visualiza nos canais. Se continuarmos assim, em 2050, vai haver mais lixo nos mares do que peixe. Veja, o quão importante é seu projeto para a minimização desta problemática”, garantiu.

Ainda no aparte, o vereador cabo Didi (sem partido) falou que o projeto vai ajudar na promoção de emprego e renda. “Zezinho, além de toda a preservação do meio ambiente, o projeto do senhor também vai gerar emprego, pois as pessoas vão buscar os resíduos que ficarão nas redes para fazer reciclagem. Com isso, parabéns pelo projeto”, disse.

Os vereadores Bigode do Santa Maria (MDB), Fábio Meirelles (Cidadania) e Jason Neto (PDT) também externaram a importância do projeto e solicitaram subscrição.