Vereador Zezinho do Bugio concede entrevista na Jovem Pan

Por Assessoria de comunicação

Publicado em 26/02/2019 as 14:20

Em entrevista aos jornalistas Paulo Sousa e Rosalvo Nogueira, na manhã desta terça feira (26), na Jovem Pan FM, o vereador Zezinho do Bugio, fez um balanço dos seus dois primeiros anos de mandato e destacou projetos de leis de sua autoria que favoreceram a população. “Temos trabalhado incansavelmente por projetos que garantam o bem-estar do povo. No Bugio, por exemplo, fizemos dezenas de indicações para tapar buracos das ruas, buscamos recursos para a construção do Centro de Iniciação ao Esporte e temos dado a atenção devida a todos os bairros de Aracaju”, garantiu Zezinho.

Sobre a saúde, tema muito debatido pelo vereador, que disse ter “os postos de saúde como extensão do seu mandato”, Zezinho fez questão de destacar a atenção que é dada pela atual gestão para o tema tão importante. “Percebo um certo esforço da prefeitura, mas não é suficiente. O povo está sofrendo com a falta de médicos e de medicamentos. Me pergunto até quando a população vai passar por isso”, finalizou Zezinho.
Ao ser questionado por um ouvinte, avaliou e deu nota à administração do prefeito Edvaldo Nogueira. “Edvaldo merece, no máximo, a nota 8. A falta dos dois se dá pelo que tenho ouvido da comunidade, principalmente em relação à saúde oferecida por esta gestão”, expressou o parlamentar.

CTO

Uma das principais bandeiras do vereador é a valorização dos policiais militares, por isso, Zezinho tem usado todos os esforços para que o projeto saia do papel e seja finalmente construído. “Estive em Brasília, encontrei o senador Rogério Carvalho e o deputado Bosco Costa e solicitei uma emenda de bancada para que o Centro de Treinamento Operacional tenha recursos necessários para ser construído”, lembrou Zezinho. Segundo o vereador, os parlamentares federais se comprometeram com a destinação dos recursos.

ANCHIETÃO

Zezinho lembrou que atendeu uma solicitação da população do Anchietão, no conjunto Bugio, que cobra a passagem da linha 001 pela localidade. Além disso, o vereador garantiu que levou a cobrança da comunidade ao superintendente da SMTT, que já garantiu analisar o projeto e resolver o mais breve possível.