Zezinho destaca Setembro Amarelo

Por Anna Paula Aquino

Publicado em 27/09/2018 as 18:25
Foto: Gilton Rosas

O mês de setembro está acabando, mas é preciso ter atenção redobrada nesse “Setembro Amarelo” de combate aos suicídios. O alerta foi do vereador Zezinho do Bugio (PTB) durante o grande expediente da Câmara Municipal de Aracaju (CMA) desta quarta-feira, 26.

O nono mês do ano tem o intuito de conscientizar a população contra o suicídio. O parlamentar citou alguns casos recentes, inclusive envolvendo um dos seus parentes na última semana. Além de profissionais que sofrem com a depressão atualmente, como os próprios policiais militares. “A nossa categoria sofre atualmente com depressão pelo exercício da profissão. Infelizmente, o Hospital da Polícia Militar se encontra fechado e a família militar sem assistência e em ruínas”, reclamou Zezinho.

Ainda em seu discurso, ele ressaltou a situação desses trabalhadores. “É triste acompanhar a nossa categoria nesse último governo e comparar tudo que passamos. Não temos um psiquiatra, alguns psicólogos que são contratados apenas. Além disso, é preciso lembrar de tudo que aconteceu como esses subsídios dos últimos tempos”, comentou.

Na oportunidade, Zezinho contou sobre a visita que fez ao Doutor José Cezário, presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe no começo do mês. “Fiz questão de tratar de tudo que acontece com os policiais militares durante a audiência. Parece que os governos que passam, esquecem que existem homens e seres humanos nesses cargos. É muito triste saber que outras categorias são mais beneficiadas que a dos policiais”, declarou, salientando que diversos colegas também estão depressivos.

Choque

Zezinho aproveitou o seu pronunciamento para parabenizar a Capitã Manuela que assumiu a Companhia de Choque na última semana. “É muito honroso tem uma mulher como sub-comandante de uma das unidades mais importantes da Polícia Militar. Tenho certeza que ela vai fazer história ao lado do meu amigo Major S Júnior”, finalizou