André Moura. Uma máquina a serviço de Sergipe.

Por Carlos Batalha

Publicado em 04/08/2018 as 10:17
Foto: imagem da internet

André Moura caminha para o encerramento do seu segundo mandato como o maior e melhor deputado federal que Sergipe já enviou para Brasília.

Sem fazer muito uso da tribuna, embora quando se faz necessário o faz muito bem, pela palavra fácil, concatenada e convincente que possui, o seu principal trabalho é nos bastidores.

Sabendo muito bem aproveitar o cargo de confiança de líder do governo federal no congresso, André (sem desprezar os outros estados) tem trazido para Sergipe benefícios extraordinários.

Abrindo as portas dos ministérios para todas as nossas lideranças políticas independentemente de cor partidária, André tem conseguido liberar recursos para todos os 75 municípios. Não existe uma só cidade onde não haja uma obra executada ou em execução e que não tenha a participação do candidato ao senado da república.

O trabalho de André em Brasília ultrapassou qualquer expectativa. O entusiasmo com que os prefeitos e prefeitas o saúdam foi visto na convenção do Iate Clube que homologou o seu nome para o senado e o de Eduardo Amorim para o governo.

Saudado de forma entusiástica pelos presentes, André sentiu-se gratificado pelas horas e horas não dormidas, pelos dias e dias longe da família, em benefício de um estado que o acolheu quase bebê quando aqui chegou no início da década de 70 trazido pelo seu pai, um dos maiores nomes da imprensa e da política de Sergipe, Reinaldo Moura.

Não resta dúvida que chegando ao Senado, André poderá fazer muito mais do que já faz pelo nosso estado, se é que isso é possível diante de tanto do que já foi feito.