Valadares Filho. Vice-governador?

Por Carlos Batalha

Publicado em 18/01/2018 as 14:17
Foto: imagem da internet

Fiquei na dúvida com a manchete sobre quem poderá ser o candidato a vice de Eduardo Amorim ou André Moura, na disputa pelo governo do estado.

A dúvida, era se a referida machete seria interrogativa ou afirmativa.

Optei pela primeira opção pelo simples fato de que na política tudo pode acontecer.

Agora, se optasse pela intuição, ela seria afirmativa, por uma série de fatores, que vão da afinidade entre eles, principalmente após o pleito de 2016, quando Valadares Filho recebeu o apoio de ambos na disputa pela Prefeitura de Aracaju, até pela posição dos três, que hoje estão na oposição ao governo.

Na entrevista que realizei com Eduardo e André na cidade de Japaratuba, o senador deixou escapar que a data do anúncio de candidatura de ambos deveria também ser discutida com o senador Valadares.

Pergunto. Porque discutir com Valadares se já não existissem conversas adiantadas?

Outra pergunta. Com a experiência e tarimba política que possui, o senador Valadares ficaria fora de uma composição majoritária? Claro que não.

Aí vem mais uma pergunta. Consolidando-se o nome de Valadares Filho como vice, como ficaria o senador Valadares?

Esse filme já assisti algumas vezes. Em nome de uma unidade política, Valadares iria para a Câmara Federal abrindo espaço na chapa majoritária em benefício do filho.

Afinal de contas pai é pai.


Carlos Batalha

Jornalista e radialista tendo iniciado a sua vida profissional na Radio Sociedade da Bahia. Chegou em Aracaju para trabalhar na Rádio Cultura de Sergipe passando por vários outros orgãos da nossa imprensa a exemplo da Rádio Jornal, Rádio Liberdade, Rádio e Tv Aperipê onde foi inclusive seu superintendente. Trabalhou também como apresentador na TV Atalaia, TV Jornal e TV Cidade. Exerceu na vida pública os cargos de assessor especial do governo Augusto Franco tendo sido Secretário de Estado de Comunicação e de Esportes no período de 2003 a 2007 e Secretário de Comunicação Municipal da Prefeitura de Aracaju no período de 2013 a 2016.