Sukita mais uma vez

Por Carlos Batalha

Publicado em 04/01/2018 as 17:30

O ex-prefeito de Capela, o polêmico Sukita, volta à mídia. Com o seu estilo irreverente, corajoso, ousado e em algumas vezes arriscado, quando procura inclusive desafiar poderes constituídos, o marido da atual esposa da Princesa dos Tabuleiros, Silvany, não poderia encerrar o ano sem criar mais uma polêmica.

Do nada, Sukita divulgou no último dia 26, um laudo pericial informando que a assinatura que aparece como sendo dele do período de renúncia à candidatura a deputado estadual em 2014, é falsificada.

O documento é um laudo de perícia criminal, que teria sido feito pela Polícia Federal em Sergipe, é assinado pelo perito Evandro José de Alencar Paton, permite-se concluir que a assinatura atribuída a Sukita " é falsa e que foi confeccionada pelo método de imitação servil".

Por outro lado, o PSB emitiu nota pública para esclarecer "suposta falsificação" de assinatura de Sukita afirmando que "essa é mais uma apelação política de Sukita para aparecer na mídia como vítima de uma situação criada por ele mesmo.

A nota diz ainda que "falsificação nunca foi a principal linha de defesa de Sukita perante a Justiça Eleitoral que se convenceu da renúncia dele".


Carlos Batalha

Jornalista e radialista tendo iniciado a sua vida profissional na Radio Sociedade da Bahia. Chegou em Aracaju para trabalhar na Rádio Cultura de Sergipe passando por vários outros orgãos da nossa imprensa a exemplo da Rádio Jornal, Rádio Liberdade, Rádio e Tv Aperipê onde foi inclusive seu superintendente. Trabalhou também como apresentador na TV Atalaia, TV Jornal e TV Cidade. Exerceu na vida pública os cargos de assessor especial do governo Augusto Franco tendo sido Secretário de Estado de Comunicação e de Esportes no período de 2003 a 2007 e Secretário de Comunicação Municipal da Prefeitura de Aracaju no período de 2013 a 2016.