Eleição para governador, só um nome repetido.

Por Carlos Batalha

Publicado em 05/12/2017 as 10:43

Exatos dez meses nos separam das eleições de 2018. Em 06 de outubro do próximo ano, milhões de brasileiros estarão comparecendo às urnas para aescolha dos novos deputados estaduais, federais, senadores, governadores e presidente da república.

Com a descrença atual pela qual passam muitos políticos brasileiros, é de se esperar que tenhamos uma renovação sem precedentes da história da república brasileira.

Aqui em Sergipe teremos uma eleição atípica. Pela primeira vez após quarenta anos, veremos uma disputa para o governo do estado sem três grandes caciques da nossa política. João Alves, Albano Franco e Jackson Barreto estarão fora da disputa. Os dois primeiros já penduraram as chuteiras, e Jackson Barreto, atual governador, deverá disputar o senado.

Dos tradicionais nomes políticos do nosso estado, apenas o senador Valadares poderá ainda disputar o cargo de mais alto mandatário de Sergipe.

Na verdade, apenas um nome que já disputou o Governo do Estado, poderá repetir o feito no próximo ano, e diga-se de passagem, com boas possibilidades de vitória. Refiro-me ao senador Eduardo Amorim que disputa pacificamente com o deputado André Moura, outro que tem amplas possibilidades de sucesso, pelo excelente trabalho que faz em Brasília, a indicação do PSC para a disputa do cargo.

NOVOS NOMES

Excetuando-se os nomes de Eduardo e de Valadares, muitos novos nomes já aparecem como pré-candidatos. Mendonça Prado é um desses nomes, que ao lado de João Fontes como postulante ao senado, promete surpreender.

João da Tarantela surge como o irreverente e promete atirar para todos os lados.

Dr. Emerson poderá surpreender. Atuando muito bem nas últimas eleições para prefeito de Aracaju, quando obteve 25 mil votos, o ex-vereador já aparece bem nas pesquisas.

Os tradicionais partidos de esquerda, Psol,Pstu e outros, devem comparecer à disputa com algum nome já conhecido, como é o caso de Vera Lúcia.

Belivaldo Chagas será o nome do governo do estado, e embora já tenha assumido o comando do executivo por mais de uma vez, isso sempre foi em decorrência do seu cargo de vice-governador. Entrando realmente na disputa, será a primeira vez, e claro que tem amplas possibilidades de sucesso.

Deverá também entrar na disputa, um jovem nome que em entrevista que me foi concedida na TV Atalaia, deixou excelente impressão.

Trata-se do jovem advogado e empresário Milton Andrade. Confiante na classe empresarial e tendo no empreendorismo uma de suas principais bandeiras, Milton promete ser a surpresa da disputa.

A bolsa de apostas já está aberta, e cada um faça a sua aposta.


Carlos Batalha

Jornalista e radialista tendo iniciado a sua vida profissional na Radio Sociedade da Bahia. Chegou em Aracaju para trabalhar na Rádio Cultura de Sergipe passando por vários outros orgãos da nossa imprensa a exemplo da Rádio Jornal, Rádio Liberdade, Rádio e Tv Aperipê onde foi inclusive seu superintendente. Trabalhou também como apresentador na TV Atalaia, TV Jornal e TV Cidade. Exerceu na vida pública os cargos de assessor especial do governo Augusto Franco tendo sido Secretário de Estado de Comunicação e de Esportes no período de 2003 a 2007 e Secretário de Comunicação Municipal da Prefeitura de Aracaju no período de 2013 a 2016.