Empresários sergipanos participam da Petronor

Por Wellington Amarante

Publicado em 19/07/2018 as 15:31

Evento discute oportunidades de negócios para a cadeia de petróleo e gás no Nordeste.

Uma missão técnica formada por dez empresas da Rede Petrogas Sergipe e representantes do Sebrae participa até sexta-feira da VII Conferência e Encontro de Negócios do Setor do Petróleo do Norte e Nordeste do Brasil – Petronor 2018. O evento é realizado em Salvador e reúne os principais representantes do segmento para discutir oportunidades de negócios atreladas à retomada dos projetos onshore (em terra firme) e offshore (em alto mar) na região.

A Feira conta com a participação de cerca de 500 membros de empresas concessionárias de blocos exploratórios e campos produtores, investidores, fornecedoras de bens e serviços, startups, entidades governamentais, associações de classe, universidades e centros de pesquisa.

Delegações do Canadá, Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, Colômbia e Argentina também marcam presença no evento. A participação dos sergipanos no evento é uma ação de mercado do Projeto Energias de Sergipe, desenvolvido pelo Sebrae.

“Além de trocar informações com outros integrantes da cadeia petrolífera e conhecer as novas tecnologias do setor, o grupo também está buscando realizar parcerias e viabilizar a realização de novos negócios. Sabemos que a crise econômica afetou diretamente as pequenas empresas que atuam nesse mercado, então estamos buscando caminhos para ajudá-las a retomar o crescimento”, explica o diretor Técnico do Sebrae Sergipe, Marcelo Barreto, que também integra o grupo.

A programação inclui seminários, rodadas de negócio, apresentação de experiências exitosas adotadas por empresas e órgãos integrantes da cadeia petrolífera nordestina e fóruns sobre gás e petróleo. Uma das novidades desta edição é a Arena de Inovação, um espaço onde são debatidos temas vinculados à Indústria 4.0 e ao ambiente de conexão entre indústrias e startups.

Segundo a presidente da Associação das Empresas da Cadeia de Petróleo, Gás e Energia de Sergipe (Pense/SE), o evento é importante para discutir o atual cenário do setor. “Todo o segmento tem sofrido bastante nos últimos dois anos e essencial que possamos encontrar alternativas para reaquecê-lo. Conversando com outros empresários percebemos que há uma expectativa de melhora para os próximos anos e estamos confiantes que isso realmente possa se concretizar”.

Reunião

Os representantes sergipanos também participaram de uma reunião com diretores e gerentes de outras sete unidades que integram Sistema Sebrae e também atuam nas áreas de petróleo, gás e energia. Em parceria com o Sebrae Nacional será desenvolvido até setembro de 2019 um projeto com ações nas áreas de governança e articulação institucional, políticas públicas, sistemas de inteligência setorial e de mercado, soluções educacionais digitais, inovação e tecnologia, sustentabilidade e capacitação de gestores.