Miltinho. Uma unanimidade sábia

Por Carlos Batalha

Publicado em 11/06/2018 as 10:31
Foto: imagem da internet

Diz a sabedoria popular que toda unanimidade é burra, mas como toda regra tem excessão, aqui em Sergipe tivemos um exemplo.

Na última terça-feira aconteceu a eleição para um novo mandato de diretoria da Federação Sergipana de Futebol. Cargo que a princípio pode parecer irrelevante mas trata-se de uma importância vital para a administração do nosso futebol, o atual dirigente, Milton Dantas, com muita razão, antecipou o pleito em um ano e meio e conseguiu uma vitória arrasadora, obtendo 58 votos dentre 59 votantes. Apenas um voto em branco foi verificado, além da ausência do Club Sportivo Sergipe, ausência aliás que não foi surpresa porque o dirigente Reinaldo Moura já havia antecipado o fato.

A antecipação do pleito se fez necessária, em razão de que os certames de profissionais com suas várias divisões precisam ser trabalhados com muita antecedência para que contratos sejam firmados com emissoras de TV e patrocinadores. Seria inviável para Miltinho trabalhar perspectivas de contratos para dois ou três anos, com o mandato dele terminando no próximo ano.

A sua vitória esmagadora, a maior já conseguida por um presidente de entidade esportiva, representou a aprovação total ao seu mandato. Administrando um futebol carente de grandes investimentos, que estava totalmente desacreditado quando da sua chegada, Miltinho foi aos poucos colocando ordem na casa e hoje observa-se um futebol respeitado, inclusive com boas participações de Confiança, Sergipe e Itabaiana nas séries C e D.

Trabalhando com as finanças apertadas mas usando do seu prestígio na CBF, que é muito grande, Miltinho vem conseguindo ajudar todos os nossos clubes inclusive gratificando jogadores pelas suas respectivas conquistas, fato jamais verificado em nossa terra. No cenário nacional, Sergipe nunca contou com tanto prestígio, ao ponto de já por duas vezes, o nosso presidente comandar a seleção brasileira sub 20 no sulamericano e mundial da categoria ocorrido na Índia.

Os clubes sergipanos podem se orgulhar do presidente que possuem porque já tivemos grandes dirigentes é bem verdade, mas nenhum com tanto amor e dedicação como é Milton Dantas à frente da Federação Sergipana de Futebol.


Carlos Batalha

Jornalista e radialista tendo iniciado a sua vida profissional na Radio Sociedade da Bahia. Chegou em Aracaju para trabalhar na Rádio Cultura de Sergipe passando por vários outros orgãos da nossa imprensa a exemplo da Rádio Jornal, Rádio Liberdade, Rádio e Tv Aperipê onde foi inclusive seu superintendente. Trabalhou também como apresentador na TV Atalaia, TV Jornal e TV Cidade. Exerceu na vida pública os cargos de assessor especial do governo Augusto Franco tendo sido Secretário de Estado de Comunicação e de Esportes no período de 2003 a 2007 e Secretário de Comunicação Municipal da Prefeitura de Aracaju no período de 2013 a 2016.