São Cristóvão entra nos eixos

Por Carlos Batalha

Publicado em 26/01/2018 as 14:56

A cidade de São Cristóvão amargou durante vários anos uma sequência de gestões desastrosas que quase levaram a querida e histórica primeira capital do estado ao fundo do poço.

A quarta cidade mais antiga do Brasil, teve em seu comando administradores que não souberam cuidar com carinho e responsabilidade da gestão da mesma, e isso fez com que São Cristóvão deixasse dentre outros prejuízos de ser um destino turístico obrigatório para quem aqui chegasse.

Passado o temporal que durou vários anos, agora vem a calmaria. No pleito de 2016 foi eleito para um mandato de quatro anos, Marcos Santana, que ao assumir o mandato encontrou uma terra arrasada.
Com o passar dos dias e dos meses, o novo prefeito foi começando a limpar a sujeira, arrumar a casa, colocando ordem onde não havia e pondo as coisas ao seu modo.

Hoje, a histórica cidade já respira novos ares. Obras e ações são vistas aos quatro cantos, investimentos na saúde, educação, ação social, cultura e lazer fazem parte dos objetivos do prefeito. O retorno do Festival de Artes foi um grande tento.

A atenção para com o servidor público é outro ponto de destaque da nova administração de São Cristóvão, que com atitudes relevantes e de importância, aos poucos resgata a auto estima do seu povo.


Carlos Batalha

Jornalista e radialista tendo iniciado a sua vida profissional na Radio Sociedade da Bahia. Chegou em Aracaju para trabalhar na Rádio Cultura de Sergipe passando por vários outros orgãos da nossa imprensa a exemplo da Rádio Jornal, Rádio Liberdade, Rádio e Tv Aperipê onde foi inclusive seu superintendente. Trabalhou também como apresentador na TV Atalaia, TV Jornal e TV Cidade. Exerceu na vida pública os cargos de assessor especial do governo Augusto Franco tendo sido Secretário de Estado de Comunicação e de Esportes no período de 2003 a 2007 e Secretário de Comunicação Municipal da Prefeitura de Aracaju no período de 2013 a 2016.