Confiança ressurgiu das cinzas

Por Carlos Batalha

Publicado em 04/09/2017 as 21:16
Foto: Dienes Celestino

O Estádio Lourival Baptista reviveu no último domingo um dos seus grandes dias.

A nossa principal praça esportiva, acostumada a receber grandes públicos durante a década de 70 e também em 80, foi aos poucos perdendo torcedores, ao ponto de em alguns períodos ficar quase às moscas em determinadas partidas e competições,
recebendo grande massa de torcedores, apenas em alguns jogos esporádicos.

O torcedor sergipano sempre foi um apaixonado pelo futebol. Basta que uma das nossas principais equipes apresente um futebol digno, e que o empolgue, ele volta imediatamente aos estádios, e foi o que nós vimos no último domingo.

Realizando péssima campanha até três rodadas, o Confiança ressurgiu das cinzas. Praticamente dado como rebaixado, o Dragão do Bairro Industrial não mais do que de repente deu a volta por cima.

Ganhando os seus três últimos adversários, CSA, Botafogo lá em João Pessoa, e por último o Fortaleza, o time azulino não só se garantiu na série C do próximo ano, como agora passou a ser um dos concorrentes a uma das quatro vagas para o quadrangular decisivo que colocará dois times na série B do Campeonato Brasileiro.

Com a derrota do Salgueiro ontem para o CSA, o nosso representante terá agora que ganhar do ASA de Arapiraca em Alagoas no próximo sábado, e torcer por resultados negativos do Fortaleza e ou do Remo, porque o Cuiabá que tem o mesmo número de pontos do nosso representante, perderia pelo número de vitórias, mesmo ganhando o seu compromisso.

Ou seja. Ganhando a sua partida, o Confiança tem amplas possibilidades de classificação para o quadrangular decisivo.

Vamos torcer e gritar a plenos pulmões. Vamos subir dragão!


Carlos Batalha

Jornalista e radialista tendo iniciado a sua vida profissional na Radio Sociedade da Bahia. Chegou em Aracaju para trabalhar na Rádio Cultura de Sergipe passando por vários outros orgãos da nossa imprensa a exemplo da Rádio Jornal, Rádio Liberdade, Rádio e Tv Aperipê onde foi inclusive seu superintendente. Trabalhou também como apresentador na TV Atalaia, TV Jornal e TV Cidade. Exerceu na vida pública os cargos de assessor especial do governo Augusto Franco tendo sido Secretário de Estado de Comunicação e de Esportes no período de 2003 a 2007 e Secretário de Comunicação Municipal da Prefeitura de Aracaju no período de 2013 a 2016.