Quarteto Dissonante leva repertório especial para o palco do Quinta Instrumental

Por Agência Aracaju de Notícias

Publicado em 04/09/2018 as 18:34

Um trabalho musical recheado de interpretações de peças da Música Popular Brasileira, além de músicas autorais e um repertório especial com composições de caráter erudito. Assim será a apresentação do Quarteto Dissonante, na quinta-feira, 6, às 20h, no palco do Teatro João Costa, localizado no Centro Cultural da capital. O show faz parte do projeto ‘Quinta Instrumental’, promovido pela Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju).

Criado em 2017, Dissonante é um grupo instrumental sergipano, formado pelo flautista transversal Daniel Melo, o baterista Davi Silva, o pianista Erick Freitas e o violonista Rafael Freitas. “Para o show desta quinta-feira, vamos levar clássicos de Tom Jobim, Hermeto Pascoal, Dominguinhos, entre outros ícones da indústria musical”, comenta Daniel.

O flautista ainda revela que o repertório com composições de renomados autores brasileiros fazem parte da formação musical do Quarteto Dissonante. “Atrelado a essas canções vamos dedicar boa parte do espetáculo com composições próprias como, por exemplo, ‘Samba pro Dani’, ‘Baião pro Davi’ e ‘Ao Cair da Tarde’, que trazem características únicas fazendo jus ao nome do grupo”.

Segundo Daniel Melo, participar do Quinta Instrumental é atingir um sonho. “Fazer parte desse projeto é uma realização profissional para qualquer músico instrumentista. Afinal, estamos falando de uma ação que valoriza e apoia esse segmento musical que não é muito divulgado. Ter sido classificado para levar nosso som a esse projeto é de extrema importância para a nossa carreira”, comemora.

Quinta Instrumental

Desenvolvido através do planejamento estratégico realizado pela Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju), o Quinta Instrumental nasceu com o propósito de ocupar o Centro Histórico da capital sergipana com as diversas linguagens das artes.

O projeto tornou-se, num curto espaço de tempo, num atrativo na agenda cultural, oferecendo aos aracajuanos e turistas uma música de qualidade e totalmente gratuita. O evento acontece às quintas-feiras, exceto nos feriados, no Centro Cultural de Aracaju (antiga Alfândega), localizado na Praça General Valadão, no Marco Zero de Aracaju, às 20h.