Vem aí o fest verão 2018

Por Carlos Batalha

Publicado em 04/11/2017 as 08:22

Na semana que passou foi anunciado o Fest Verão 2018. Evento que surgiu para cobrir a lacuna do grandioso Pré-Caju a maior festa pré-carnavalesca do Brasil, e que chegou ao final no ano de 2014, após muita pressão de meia dúzia de infelizes, mal amados, e insatisfeitos com a vida, que não se conformavam com um evento que além de proporcionar um grande apelo turístico para o nosso estado, trazia renda para setenta cadeias produtivas, que iam dos catadores de latinha aos empresários de banda, mas que não podia acontecer na 13 de julho para não incomodar alguns desses insatisfeitos, apesar de que os seus camarotes gratuitos ao longo da avenida Beira Mar estivessem tomados pelos seus filhos, netos, sobrinhos, amigos etc.

Foi um impacto muito grande, uma perda sem igual para o estado que perdeu divulgação nacional e internacional, perdeu dinheiro com a ausência de turistas, e deixou de fazer circular milhares de empregos indiretos.

Mas o impacto não abateu a família Augustus, que com seu Augusto, o grande patriarca, Fabiano, o grande idealizador do evento, e Lourival o administra-dor, tratou de lançar um evento que mais ou menos à mesma época suprisse a falta do grande Pré Caju.

Surgiu em 2015 o Fest Verão Sergipe, com um grande sucesso, e que em 2018 chegará à sua quarta edição, com grandes atrações, e logo no seu anúncio já causou um grande rebuliço.

Serão três dias de evento, de 19 a 21 de janeiro e já no seu primeiro dia oito atrações farão o chão tremer. Nomes com Wesley Safadão, Bell, Solange Almeida, Marília Mendonça, Solange Almeida, Make U Swet, Gabriel Diniz, Avine Vinny e Xande e Nanda.

No sábado a festa prossegue com Aviões, Henrique e Juliano, O Rappa, Harmonia, Samira Show, Mano Walter e Devinho Novaes, encerrando-se no domingo com Larissa Manoela, Anitta, Lora Improta e Julia Simoura.

Sem dúvida, uma programação excepcional. Parabéns a família Augustus, a família que há décadas traz alegria à milhares de sergipanos, além de trazer divisas e promoção para a nossa capital e o nosso estado.


Carlos Batalha

Jornalista e radialista tendo iniciado a sua vida profissional na Radio Sociedade da Bahia. Chegou em Aracaju para trabalhar na Rádio Cultura de Sergipe passando por vários outros orgãos da nossa imprensa a exemplo da Rádio Jornal, Rádio Liberdade, Rádio e Tv Aperipê onde foi inclusive seu superintendente. Trabalhou também como apresentador na TV Atalaia, TV Jornal e TV Cidade. Exerceu na vida pública os cargos de assessor especial do governo Augusto Franco tendo sido Secretário de Estado de Comunicação e de Esportes no período de 2003 a 2007 e Secretário de Comunicação Municipal da Prefeitura de Aracaju no período de 2013 a 2016.