Dia do cliente é oportunidade para pequeno negócio rever estratégia

Por Bruno Leonel

Publicado em 13/09/2018 as 09:51

No próximo dia 15, será comemorado nacionalmente o Dia do Cliente. Nessa data, os empreendedores terão a oportunidade de refletir sobre como estão cuidando dos canais de relacionamento com seus clientes, em especial, no ambiente digital. Uma pesquisa recente, feita pelo Sebrae, mostrou que para ir ao encontro do novo perfil do cliente (que cada vez mais usa a internet para pesquisar, comprar produtos e serviços), os pequenos negócios estão investindo nas estratégias online, buscando desenvolver ferramentas de e-commerce e ampliar sua presença nas mídias sociais.

A pesquisa do Sebrae mostrou que 72% dos pequenos negócios utilizam o WhatsApp para se comunicar com clientes e 40% possuem perfil no Facebook. Essas são as duas ferramentas mais usadas atualmente pelas micro e pequenas empresas (MPE) na divulgação de produtos e serviços. O levantamento também revelou que o número de empresas que contam com páginas na internet mais que dobrou entre 2015 e 2018, passando de 11% para 27% das MPE.

“O cliente é a razão de existir da empresa, independente do seu porte ou setor de atividade. Por isso, a centralidade do cliente deve ser valorizada em todos os processos do negócio, desde a construção de uma marca que crie identificação com o público, à oferta de um ambiente acolhedor e um atendimento confiável e eficiente. O novo cliente, totalmente conectado, influencia as mudanças no comportamento das empresas, que passam a ser cada vez mais digitais para atendê-lo”, analisa a diretora técnica do Sebrae, Heloisa Menezes.

Foco nas Redes Sociais

Isabel Alencar, 38 anos, mergulhou em um novo mundo quando decidiu começar uma dieta com o marido. “Quis mostrar para o meu esposo que a gente podia ter uma comida saborosa e saudável sem passar fome”. Com a nova rotina, Isa compartilhou em suas redes sociais as fotos de cada refeição que fazia e a repercussão foi instantânea. “O pessoal gostou e queria comprar”, relembra. Aí surgiu a Isa Alimentos, que vende marmitas fitnesse low carb. O empreendimento comercializa refeições, cremes e sopas detox, sendo que todos os produtos são congelados. Também trabalha com a opção de pacotes com até sete refeições para consumo durante toda a semana, a partir de R$ 60.

O empreendimento tem um ano e é todo focado nas redes sociais - da divulgação às vendas. “Estou na internet desde o início e tudo aconteceu de uma forma muito positiva”. Isa lembra que no início optou por abrir uma loja física, mas não teve o resultado esperado. “Quis desistir depois de fechar a loja, mas vi que tinha um espaço grande na internet e estou feliz com os resultados”. A empreendedora chega a vender 200 marmitas por semana e tem planos para o futuro: incluir comidas vegetarianas e veganas no cardápio. De olho no desenvolvimento do negócio, Isa se matriculou em um curso de gastronomia e vai voltar a estudar. “É o que eu amo fazer e quero me especializar para dar uma qualidade ainda maior para a minha comida e trabalhar com outros tipos de produtos”.

Confira oito dicas do Sebrae para melhorar o desempenho dos pequenos negócios na Web.