Polícia Civil prende autor de vários roubos a estabelecimentos comerciais na Coroa do Meio

Por SSP/ SE

Publicado em 13/06/2018 as 15:07

Policiais Civis lotados na Delegacia de Turismo (Detur) realizaram no final da manhã desta terça-feira, 12, a prisão de Moisés dos Santos Campos, 18 anos, acusado de ser o autor de dois roubos a estabelecimentos comerciais localizados no bairro Coroa do Meio, Zona Sul de Aracaju. O indivíduo foi preso um dia após o registro do boletim de ocorrência na Detur.

De acordo com o delegado Abelardo Inácio, as investigações iniciaram ainda no dia de ontem, momento em que um dos proprietários do estabelecimento comercial procurou a Detur para informar sobre um assalto praticado por dois indivíduos há alguns dias.

“Assim que a nossa equipe tomou conhecimento do fato, estivemos no local e solicitamos o registro das câmeras de segurança, que captaram nitidamente a imagem dos criminosos. Ao chegarmos no segundo estabelecimento e colher o segundo material, verificamos que se tratava da mesma dupla que vinha agindo em alguns comércios na região da Coroa do Meio e Atalaia. Com a identificação da dupla, seguimos em diligência, conseguindo êxito na captura de um dos envolvidos no dia de hoje”, explicou.

De acordo com o delegado, possivelmente a dupla está envolvida em outros assaltos a estabelecimentos comerciais na região. Para isso, ele pede o apoio das pessoas que foram vítimas, que procurem a Detur para registrar o ocorrido e fazer o reconhecimento.

“Pedimos que a população, principalmente as pessoas que foram vítimas da ação desses criminosos, que procurem a delegacia e relatem o ocorrido. Esse procedimento é de suma importância no intuito de que a polícia possa trabalhar para efetuar a prisão dos criminosos, resgatando a sensação de segurança”, salientou.

O delegado da Detur frisa, inclusive, um fato divulgado por alguns veículos de comunicação nessa segunda-feira, 11, sobre um estabelecimento que teria sido assaltado 43 vezes em 20 anos. “Durante a investigação desses dois casos, fizemos também um levantamento da quantidade de boletins de ocorrência que foram prestados pelas vítimas dos dois estabelecimentos. Em um deles, foi verificado dois episódios, sendo os dois em 2018, e não como foi divulgado, com 43 ocorrências. Pelo menos, a polícia só teve conhecimento desses dois episódios, um deles registrado no dia de ontem, mas a polícia deu a resposta agindo de forma rápida, efetuando a prisão do acusado”, destacou Abelardo Inácio.