A RÁDIO SAIU DO AR

Por Carlos Batalha

Publicado em 15/08/2017 as 13:23

Campeonato Brasileiro de 1977. Fase de repescagem, jogo, Portuguesa de Desportos x Club Sportivo Sergipe, partida programada para o Estádio do Canindé em São Paulo.

O time mais querido já não tinha mais nenhuma condição de classificação, mas a Rádio Liberdade, emissora em que trabalhava à época, havia transmitido todos os jogos, e não poderia ficar de fora já na fase final.

Ocorre, que não tendo conseguido nenhum patrocinador para custear despesas com passagens e hospedagens, resolvi fazer o famoso Off Tube, que consiste em ouvir uma emissora que esteja transmitindo o jogo ao vivo, e retransmiti-lo para os seus ouvintes.

Como esse jogo já não interessava a quase ninguém, até mesmo a retransmissão estava sendo difícil, porque quase nenhuma emissora estava presente ao estádio em São Paulo. Finalmente consegui sintonizar uma que estivesse transmitindo, e o nosso trabalho começou.

Ouvia e repassava. Trinta e cinco minutos do primeiro tempo, e o jogo continuava 0 x 0.

De repente a emissora paulista sai do ar. Pronto fiquei a ver navios mas continuei mandando brasa no imaginário. Bola pra lá. Bola pra cá. E para mim o jogo continuava empatado, quando o contato foi restabelecido, vindo a surpresa. A Portuguesa de Desportos havia colocado 2 x 0 no placar, e o meu continuava no zero. Kkkkkk e o que fazer?

Imediatamente, (por coincidência), a Rádio Liberdade também saiu do ar, e ao retornar minutos depois, o placar já estava devidamente corrigido com a vitória dos paulistas. Ufa foi por pouco. A gafe estava reparada.